Medo: Conheça Seu Lado Positivo E Negativo E Aprenda A Superá-lo

03/08/2015

Medo: Conheça Seu Lado Positivo E Negativo E Aprenda A Superá-lo

   

Passar por um contexto desfavorável, lidar com sentimentos das pessoas e enfrentar grandes projetos são apenas algumas das situações que podem inserir o ser humano em um estado de medo. Mas a partir do medo podem nascer boas práticas e consequências positivas? É exatamente sobre esta situação que iremos refletir e buscar alternativas para não ficarmos paralisados. 
De acordo com Sidnei Cavicchia, psicólogo e proprietário da Íntegra Desenvolvimento, o medo é um instinto de auto – preservação, desenvolvido por nosso corpo ao longo dos anos, sendo natural do ser humano sentir calafrios ao se deparar com algum grande obstáculo, seja no dia a dia profissional ou pessoal. Portanto, faz parte do nosso dia a dia e temos que nos acostumar com sua presença. Enfrentar um ano complicado (como o de 2015), assumir nova posição na empresa ou discordar da equipe em determinado momento, podem trazer alguma sensação de desconforto. 

Juntamente ao medo, vem a coragem, característica que varia muito de acordo com a pessoa. Em nosso post anterior (caso não tenha lido, acesse aqui) refletimos sobre algumas mudanças de hábitos para que se consiga ser uma pessoa multi tarefa. Todas as dicas apenas serão colocadas em práticas se houver coragem. Coragem, por exemplo, de iniciar um planejamento anual, ferramenta que parece ser simples, mas demanda muito esforço e comprometimento para executá-la; coragem de se criar uma rotina, pois o ser humano em sua maioria critica a rotina e coragem de saber dizer “não”, outro desafio que coloca qualquer pessoa em uma situação delicada. 
O estado de medo pode trazer algumas situações favoráveis, como a busca por desenvolvimento técnico no trabalho, ou seja, cursos e treinamentos destinados a determinada função. Além disso, conforme comentou Sidnei, “quando se está com medo de algo, prestamos mais atenção, nos movemos, crescemos e muitas vezes nos superamos, fazendo até com que as pessoas produzam mais”. Também, é natural que nesta situação as pessoas se tornem mais cautelosas e assertivas e, com base em um planejamento, consigam lidar com a ansiedade. “Preste atenção nesta situação: Alguém do seu setor informa que o chefe está de mau humor. Imediatamente, todos começam a prestar mais atenção nas tarefas para antever os erros, evitam certos comportamentos e até mesmo, produzem mais.”, exemplifica Sidnei. 
O grande problema não está nestas situações, mas sim naquelas que os temores paralisam a pessoa, sabotando o próprio corpo e mente. Uma consequência deste estado é a tomada de decisões precipitadas, já que quando analisadas serenamente, será possível observar o erro e também a omissão, pois o profissional de tanto medo abre mão de grandes oportunidades.

Confira algumas dicas para superar o medo no momento de novos desafios:
1. Identifique o medo – pergunte a si mesmo: “Eu tenho medo de que?” Após chegar à resposta, terá condições de canalizar sua energia e tomar ação. 
2. Planeje suas tarefas - esta ação diminui a ansiedade. 
3. Exercite sua visão de fora para conseguir enxergar um quadro mais real do momento.