O QUE FAZER COM UM FUNCIONÁRIO RECLAMÃO?

25/05/2016

 O QUE FAZER COM UM FUNCIONÁRIO RECLAMÃO?

Como administrador, você tem de prestar atenção em tudo que possa aprimorar o trabalho das pessoas. Portanto, se você tem um funcionário que reclama demais, é importante fazer um diagnóstico e observar dois fundamentos antes de agir.

Em primeiro lugar, você deve observar se as reclamações são procedentes. Isto é, se há fatos e evidências de que as reclamações são problemas sérios, que merecem atenção. Ou se o reclamão, na verdade, vive uma expectativa irreal de que tudo e todos na empresa devam ser perfeitos e de que, se tudo funcionasse certo, os problemas não ocorreriam.
Se as reclamações forem procedentes, cabe a você, líder, encontrar e implementar as alternativas para solucioná-las. Engaje seu time nessa solução, principalmente o reclamão. Mas, se as queixas forem improcedentes, cabe um feedback à pessoa, com fatos e evidências da irrelevância daquilo que foi reclamado.
Acima de tudo, dê uma orientação pragmática, para que a pessoa evolua e seja capaz de, como bom profissional, separar o que é relevante daquilo que não tem a menor importância para a empresa alcançar seus objetivos.
Em segundo lugar, você deve observar se o reclamão é de boa índole ou não. Algumas pessoas não reclamam para construir, mas somente para destruir. Se a pessoa for de boa índole, faça como mencionei nos parágrafos anteriores. Entretanto, se você identificar que a pessoa deseja somente que as coisas não deem certo, então você deve considerar retirá-la da equipe.
Em geral, um reclamão de má índole nunca é capaz de resolver problemas que estão sob sua responsabilidade. Ignora coisas que deveria saber como profissional. Faz-se de vítima da empresa, das demais pessoas e das circunstâncias, nunca encontra uma ideia positiva, que mova as ações para frente. E também não evolui após feedbacks.
Um líder deve ser muito bom na seleção de seu time, pois um único reclamão pode colocar todos para baixo. Uma empresa depende de pessoas que sejam boas em resolver problemas, não em reclamar deles. Portanto, um reclamão não deve ter espaço em nenhuma companhia.

Vamos em frente!