10 coisas que você deveria fazer antes de aceitar um emprego

07/08/2017

10 coisas que você deveria fazer antes de aceitar um emprego

A maioria das pessoas estão interessadas apenas no salário, mas há outras questões importantes que precisam ser consideradas antes de aceitar a vagaSalário e benefícios não são os únicos fatores a serem levados em consideração no momento de aceitar um emprego. Assim como o recrutador, candidatos também devem ter uma “checklist” com todos os itens apreciados antes de dizer “sim” a qualquer vaga que apareça, por mais interessante que ela seja.

Para ajudar nesse momento, a especialista em carreira Liz Ryan escreveu no portal Forbes 10 itens essenciais para analisar antes de aceitar uma vaga. Confira:

 

1. Título e chefe

 

Antes de aceitar o emprego, saiba exatamente qual será o seu cargo dentro da companhia e a quem você terá de se reportar.Embora pareça óbvio, você precisa saber quem será o seu chefe. “Tenho vergonha de dizer que já aceitei um emprego uma vez sem uma compreensão clara de quem seria o meu chefe, e me arrependi em pouca semanas. Não cometa o mesmo erro que eu fiz”, recomenda Liz.

 

2. Compensações

 

Além do valor do salário, é importante saber detalhes como: a data exata de pagamento; se a empresa tem um plano de bonificações e o que ele prevê; qual é o método de avaliação da companhia para pagar bonificações aos profissionais; e se há pagamento de banco de horas, por exemplo. É bom que tudo isso fique bem claro antes de o candidato começar na vaga.

 

3. Compreenda os benefícios

 

Na mesma linha das compensações que vão além do salário, o plano de benefícios pode ser um fator de desempate entre dois bons cargos. Caso a empresa não ofereça um bom plano de saúde, por exemplo, isso pode ser usado para negociar um salário maior. Entenda o formato das férias, vale transporte, vale alimentação, entre outros, antes de aceitar o emprego. Isso é importante na hora de negociar valores, por exemplo.

 

4. Horário de trabalho e comunicação

 

Saiba qual a expectativa do seu chefe com relação ao seu horário de trabalho. A empresa exige atenção de seus funcionários além do horário de expediente? As 40 horas semanais de trabalho são respeitadas ou você precisa estar disponível para imprevistos e demandas de última hora. Empresas que “punem” funcionários que não fazem hora extra podem não ser o cenário ideal para quem precisa buscar os filhos na escola, por exemplo. Sempre pergunte sobre o horário de trabalho e sobre a comunicação no tempo livre.

 

5. Viagens

 

Viagens a negócios fazem parte dos requisitos de alguns empregos e é preciso estar preparado para esse tipo de compromisso. Questione a frequência de viagens previstas para a posição logo de início, e solicite uma cópia da política de viagens da companhia, quando houver – elas costumam conter os gastos que são cobertos pela companhia e o que é de responsabilidade do profissional.

 

6. Ambiente de trabalho

 

O local onde você passará oito horas de seus dias úteis é fator essencial no relacionamento com seu emprego. Faça uma visita completa ao espaço de trabalho, confira iluminação, móveis, acústica, fluxo do ar, entre outros. Se você costuma levar sua comida, certifique-se se há um local adequado para esquentar e fazer a refeição, assim como vestiários, caso você queira ir ao trabalho de bicicleta, por exemplo. Caso não se sinta confortável naquele ambiente, tente negociar uma mudança.

 

7. Conheça sua equipe

 

Conheça as pessoas que trabalharão na sua equipe. Peça que o recrutador consiga um tempo de pausa para conversar com elas. Segundo Liz, você corre um grande risco aceitando um emprego sem antes conhecer minimamente as pessoas que vão passar boa parte do dia com você.

 

8. Políticas da empresa

 

Solicite uma cópia das políticas de funcionários antes de entrar na empresa ou tente se informar sobre a cultura da empresa, conhecê-la mais a fundo. Isso é essencial para conhecer a cultura do ambiente de trabalho em questão e saber se a companhia é realmente o que você está buscando. A incompatibilidade entre os seus valores e os da organização podem transformar uma boa oportunidade em um pesadelo.

 

9. Fale sobre o futuro

 

Seus objetivos são importantes para você e para a pessoa que está contratando. Dependendo da vaga e do tempo que ela ficou vazia, as expectativas podem ser pouco realistas, e é importante deixar claro onde quer chegar. Não tenha medo de traçar um plano e falar sobre metas para os primeiros meses de trabalho.

 

10. Conheça o chefe do seu chefe

 

Conhecer o estilo do superior de seu chefe é uma forma mais segura de compreender hábitos, idiossincrasias e políticas da empresa.

Saber exatamente como funciona a hierarquia também é importante para saber agradar ou confrontar algo quando isso se mostrar necessário.

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/pos-e-carreira/10-coisas-que-voce-deveria-fazer-antes-de-aceitar-um-emprego-9f0w90xe0p2g4k72i2i0u4ek4?utm_source=ShopBack&utm_medium=ShopTarget_retarget&utm_campaign=email_3dias&sbpid=shoptarget